sábado, 8 de novembro de 2008

Introdução desnecessária

Não era exatamente desta maneira que pretendia iniciar este blog, mas é a que me parece menos tosca (vejam só o nível deste pseudo-escritor... se você tiver o mínimo de bom-senso, sua leitura se encerrará neste ponto).

Bueno, este blog será somente mais um no meio de alguns porrilhões de diários eletrônicos (ou tentativa de relatos cotidianos mesmo) que caíram em algum ponto da rede global, mas tentarei deixá-lo o mais próximo que eu puder do que eu penso (estou me esforçando arduamente para receber o "Prêmio Gadernal 2008").

Qual será a "levada" dele? Ainda não sei exatamente. De tanto alguns amigos me dizerem "Você TEM de criar um blog!" e "Por que você não cria um? Você leva jeito, garoto." (os diálogos não eram bem assim... no último caso, talvez me disseram isso por eu ter cara de nerd metido a cult e descolado) , decidi (re) começar a escrever... Tentarei ficar o mais longe que eu puder da caverna platônica (como se isso importasse). Além disso, tentarei falar sobre uma porrada de coisas (a parada é tosca ao ponto de não ter tema definido)... os assuntos, em meio à confusão mental, serão extremamente variados... política, futebol, música, sua mãe (brincadeira...). Confesso que uma das influências será o blog "Instante posterior" do "Sir" Bruno Medina, ex-tecladista do Los Hermanos.

Para você, que ignorou a recomendação inicial e seguiu lendo este "texto" (dedico as "aspas" à galera da minha sala de Jornalismo... eles entenderão o porquê), boa leitura! A parada não é de primeiro mundo - óbvio... estamos no Brasil, né?! -, mas é uma tentativa de fazer algo legal. Blaseísmos e tosquices à parte, "here we go!".
NOTA: as postagens dependerão do coeficiente tempo x preguiça (ao quadrado) dividido pela criatividade. Já adianto que não tenho tempo para p... nenhuma, sou extremamente preguiçoso (para postar textos) e tenho picos de criatividade. Portanto, a frequência de postagens será tão irregular quanto o asfalto das ruas de São Paulo. Ah, e se quiser elogiar algum texto (fato seguramente raro), simplesmente comentar e, até mesmo, detonar este blog, fique à vontade. Democracia é isso, não é mesmo? Hasta la vista, babe!

Um comentário:

Ligia disse...

Oi, Jr.
Blz???
Legal seu blog, hein!!!
O mdig que se cuide.

bjs